29 de abril de 2011


Os 05 piores chapéus do casamento Real de William e Kate

Olá, flores do meu jardim, estão boas??? Pois é, hoje resolvi postar sobre os pavorosos chapéus que deram o que falar dos convidados do casamento real.
Para quem não sabe, essas alegorias são acessórios importantes para a realeza, para os "sangue azul". Mas cá entre nós, prefiro ser pobre mesmo de sangue vermelho a usar esses despacho em forma de chapéu... haha.



**Meninas, levei um susto com tamanha monstruosidade..haha**

Em 1º Lugar, A princesa Beatrice, de York, usou chapéu nude com enorme laço estruturado na parte frontal.


**Pavorosooooo**
E a "munita" ainda acha que arrasa....uhuuu
**Detalhe: Todas estavam combinando a roupa com o chapéu,com as luvas, com o sapato..aff... dava gosto de ver a cafonice.
                 


Em 2º Lugar,  Chapéu em formato canoa com uma flor no centro em azul royal, criado por Philip Treacy e usado pela socialite Tara Palmer-Tomkinson.


**Me senti num barco a deriva...alias, no próprio Titanic, ao deparar-me com essa aberração...Afunda!**




Em 3º Lugar, Princesa Eugenie, de York, usou chapéu azul no centro da cabeça, com flores e penas altas.


**  Parece que nossas princesas britanicas não estão dando uma dentro(e nem fora) hoje...hahaha Repararam?? "Linda" tira esse despacho do terreiro da cabeça já, antes que não arranje marido..hahaha .Apesar que pelo porte dos ingleses e "muniteza" preferia ficar para titia mesmo. Viveria mais feliz! \o/**



Em 4º Lugar, Zara Phillips  com seu  chapéu imenso lateral e sei lá- o-que-é-aquilo-do-outro-lado... haahaha 



**Lá vem o Disco Voadorrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr**

**Merece ou não merece o 4° lugar?????**



Em 5º Lugar, deixei a critério de vocês, memigas, porque imagina vocês que fiquei na dúvida entres esses aí, e um punhados de outros grotescos...hahaha


N°1 - Frances Osborne, com penas das pobres aves retiras para fazer esse PAVOROSO chapéu... Será que as penas pretas são de corvos??? ou urubus???

N°2 - Uma convidada usou chapéu de flores e aba feita com penas - a imagem não mostra mas a aba do chapeu deu lugar a várias penas esvoçoantes, parecendo aquele empanador velho que você não usa a anos.. haha... Fora o monstruoso bouquet( Meninasss, nada de malicia com a palavra,please!) na cabeça....

N°3 - Esse numero três é indefinido. Não tenho uma opinião exata sobre essa obra de arte, mas que fica aquele ponto de interrogação na cabeça, isso fica...??????

N° 4 - Dona Camila Parker Bowles, esposa do Príncipe Chale, já se adiantou para a festa Junina, com esse chapéu a la Festa -na- Roça- que-é-pra-lá-de-bom. Essa lindeza de mulher, com seu principe mais que encantado fazem uma dupla e tanto, não acha? è muito charme, elegãncia e boniteza...uhuuu.... ¬¬'
Ai, saudades da bela Lady Di!

Espero que tenham gostado...

Beijinhosss
3

25 de abril de 2011


Por que nos apaixonamos pela pessoa errada?


"— Por que sempre gosto da garota má?
— Você não sabia disso.
— Mas sabia que não era boa...
— ...
— Porque nos apaixonamos por uma pessoa mesmo sabendo que ela é errada?
— Essa eu sei a resposta. Porque você espera estar enganado, e sempre que ela faz uma coisa que mostra que ela não é boa, você ignora, e sempre que ela age bem e te surpreende, ela te reconquista. E aí você esquece a idéia de que ela não serve pra você.
— Era do cara que você gostava? *Referindo-se ao envelope em cima da mesa.*
— Era sim. Mas acontece que ele não me amava como eu esperava... Bom, o que estou tentando dizer é que eu entendo o que é se sentir a menor e a mais insignificante das criaturas do mundo e isso faz você sentir dores em lugares que nem sabia que existiam no corpo. Não importa quantos penteados novos você fizer, ou em quantas academias entrar, ou ainda quantas taças de frisante você tomar com as amigas, você ainda vai pra cama, toda noite, pensando em cada detalhe, imaginando o que fez de errado, ou como pode ter interpretado mal, e como foi que por um breve momento, você achou que podia ser tão feliz. Às vezes você consegue até se convencer de que ele, num passe de mágica, irá ate à sua porta... e depois de tudo isso, demore o tempo que tenha que demorar, você vai para um lugar novo, vai conhecer pessoas novas que fazem você se valorizar e pedacinhos da sua alma vão finalmente voltar. E aquela época turva, aquele tempo ou a vida que você desperdiçou, tudo isso começa a se dissipar.
— Tome, você precisa mais do que eu... (Entregando um lenço.)
— Ah, Miles, você sempre foi um cara ótimo...
— Eu sei.. esse sempre foi meu grande problema."

O Amor não tira Férias
3

8 de abril de 2011


Uma mulher...


Uma mulher tem que ter qualquer coisa além de beleza. Qualquer coisa de triste, qualquer coisa que chora, qualquer coisa que sente saudade. Um molejo de amor machucado. Uma beleza que vem da tristeza. De se saber mulher. Feita apenas para amar. Para sofrer pelo seu amor. E pra ser só perdão.


6

7 de abril de 2011


Conto: COMO AS MULHERES DOMINARAM O MUNDO.

Conversa entre pai e filho, por volta do ano de 2031 sobre como as mulheres dominaram o mundo.
- Foi assim que tudo aconteceu, meu filho...
Elas planejaram o negócio discretamente, para que não notássemos Primeiro elas pediram igualdade entre os sexos. Os homens, bobos, nem deram muita bola para isso na ocasião. Parecia brincadeira.
Pouco a pouco, elas conquistaram cargos estratégicos: Diretoras de Orçamento, Empresárias, Chefes de Gabinete, Gerentes disso ou daquilo.
- E aí, papai?
- Ah, os homens foram muito ingênuos. Enquanto elas conversavam ao telefone durante horas a fio, eles pensavam que o assunto fosse telenovela. Triste engano. De fato, era a rebelião se expandindo nos inocentes intervalos comerciais. "Oi querida!", por exemplo, era a senha que identificava as líderes. "Celulite", eram as células que formavam a organização. Quando queriam se referir aos maridos, diziam "O regime".
- E vocês? Não perceberam nada?
- Ficávamos jogando futebol no clube, despreocupados. E o que é pior: 
Continuávamos a ajudá-las quando pediam. Carregar malas no aeroporto, consertar torneiras, abrir potes de azeitona, ceder a vez nos naufrágios. Essas coisas de homem.
- Aí, veio o golpe mundial?!?
- Sim o golpe. O estopim foi o episódio Hillary-Mônica. Uma farsa. Tudo armado para desmoralizar o homem mais poderoso do mundo. Pegaram-no pelo ponto fraco, coitado. Já lhe contei, né? A esposa e a amante, que na TV posavam de rivais eram, no fundo, cúmplices de uma trama diabólica. Pobre Presidente...
- Como era mesmo o nome dele?
- William, acho. Tinha um apelido, mas esqueci... Desculpe, filho, já faz tanto tempo...
- Tudo bem, papai. Não tem importância. Continue...
- Naquela manhã a Casa Branca apareceu pintada de cor-de-rosa. Era o sinal que as mulheres do mundo inteiro aguardavam. A rebelião tinha sido vitoriosa! Então elas assumiram o poder em todo o planeta. Aquela torre do relógio em Londres chamava-se Big-Ben, e não Big-Betty, como agora... Só os homens disputavam a Copa do Mundo, sabia? Dia de desfile de moda não era feriado. Essa Secretária Geral da ONU era uma simples cantora. Depois trocou o nome, de Madonna para Mandona...
- Pai, conta mais...
- Bem filho... O resto você já sabe.
Instituíram o Robô "Troca-Pneu" como equipamento obrigatório de todos os carros...
A Lei do Já-Prá-Casa, proibindo os homens de tomar cerveja depois do trabalho...
E, é claro, a famigerada semana da TPM, uma vez por mês...
- TPM???
- Sim, TPM... A Temporada Provável de Mísseis... E quando elas ficam irritadíssimas e o mundo corre perigo de confronto nuclear...
- Sinto um frio na barriga só de pensar, pai...
- Sssshhh! Escutei barulho de carro chegando. Disfarça e continua picando essas batatas...
3

6 de abril de 2011


Eu preciso saber

Isto acontece tanto com a gente ,né, meninas? Esse amor que não conseguimos desfazer. Fica tatuado, alfinetando dentro de nós. Quem já não ligou para ele, só para ouvir a sua voz? Quem já não discou o número e desligou logo em seguida, com medo, de ouvi-lo e de saber que ele está com ocupado ou ficar com medo dele não gostar? Quem não passou dias, tardes e noites inteiras pensando nele e pensando no que está fazendo, se está pensando em você? Tantas dúvidas corroem nosso coração, né, flores? Se você respondeu sim para todas as perguntas, é porque você também está no mesmo barco que todas as outras flores: amando sem medida, amando mais a ele do que de você mesma; vivendo a vida dele do que vivendo a sua. 
Eu sei que é muito difícil, mas a gente supera. A gente acha que não vai conseguir ser amado de novo, que não vai conseguir esquecer, desespera, entra em deprê, mas isso tudo é uma fase, flores, porque depois que as feridas começam a cicatrizar, você renasce de novo. Aí sai do casulo e vira borboleta.
Uma coisa é certa: Ele continuará a vida dele numa boa. Você perderá seu tempo e sanidade achando que se sacrificando ele irá voltar. Por isso, flor, não abaixe a cabeça. Mostre que está de boa. Se ele amar você mesmo, ele volta. Mas aproveite esse tempo também para repensar em seus atos, no que quer realmente. Seja humilde, admita seus erros. Renova-se. 
E importante: Valorize-se acima de tudo! 
(ele notará que você está de bem com a vida e não necessita dele para ser feliz)

Bjsss, amores da minha vida.
Danila

------------------------------------------------------



A recaída de amor acontece como num daqueles pesadelos que se está caindo. De repente você acorda sentado na cama: Meu Deus, eu preciso saber! Mas se eu já estava tão bem há semanas. Volte a dormir, volte a dormir. Você já tinha decidido lembra? Nada a ver com você, chato, bobo, não deu certo. Mas eu preciso saber. Não, não precisa. Pra quê? Vai te machucar. Não! Eu preciso saber. Então levanto da cama.
Facebook, a desgraça em formato de parquinho virtual. Nome dele, aparece a foto azulada e ele de perfil. É tão bonito. Mas não há mais nada que eu possa ver. Nos deletamos mutuamente pra evitar justamente esse tipo de inspecão noturna. 
Mas isso não vai ficar assim. Ligo pra nossa amiga em comum. Ela não atende, afinal, são duas da manhã. Mando mensagem "me manda sua senha do Facebook agora ou vou ficar te ligando até amanhã cedo". Ela manda a senha e um palavrão. Acesso. Vamos ver. Eu preciso saber. Eu preciso. Então vejo que ele não posta nada há cinco semanas. Fotos, fotos. A única foto nova é o flyer de uma festa que eu fui e ele não estava. Nada.
Jogo o nome dele no Google. Aparece uma foto dele alcoolizado dando entrevista em uma festa de mídia. Como é lindo. Tento o Twitter mas ele só escreve piada de político. Tento o Facebook, Twitter e blogs de amigos. Está ficando tarde. Se eu tivesse essa mesma concentração e minuciosidade e empenho e energia para o trabalho estaria rica. Estou retesadamente motivada e atenta. Mas não consegui nenhuma informação e eu ainda preciso saber.
São seis da manhã. Estou cansada. Coloco a música de quando você forçou a porta do quarto e entrou. Black Swan. Não sou boa de inglês como você, mas sei que é a história de algo que já começou fodido porque cresceu demais antes da hora, você que pegue um trem e suma daqui. Que bela música pra começar. Ok, agora estou chorando. Lembrei que eu me sentia tão viva com você me olhando bem sério e bem no fundo dos olhos e machucando meu braço. Sim, é definitivamente uma recaída e eu acabo de decidir que te amo mais que tudo no universo e que amanhã, ou hoje, porque já são sete e meia da manhã, vou resolver isso. Agora preciso dormir só um pouquinho
Volto pra cama. Coração disparado. Não tem posição na cama. O que eu faço? Não tô a fim de ler, não tô a fim de ver TV. Aquelas outras coisas que se faz pra acalmar tô com preguiça agora, minha imaginação está indo toda para traçar um plano para que eu descubra. Descubra o quê? Não sei, mas sei que algo está acontecendo, ou eu não estaria assim. Porque eu sinto quando ele está com alguém, sabe? Eu sinto. Sim! A cartomante!

Ligo pra Zuleide. Você atende hoje? Mas é domingo, Tati! Atende? Só se for por telefone. Tá bom, então joga aí: ele está com alguém? Mas Tati, você quer mesmo saber isso? Quero, mulher. Eu preciso saber. Joga aí: ele está com alguma puta? Tati, eu não posso perguntar isso pras cartas. Pergunta aí: ele tá com alguma piranhuda desgraçada vagabunda vaca dos infernos? Zuleide pede desculpas e desliga. Preciso do Lexapro mas ele acabou há semanas, igual meu amor. E agora, de repente, preciso tanto dos dois novamente. 
Você acha que ele está com alguém? Não sei, Tati, eu ainda tô dormindo, posso te ligar mais tarde? Você acha que ele está com alguém? E se estiver, Tati, quer ir ao cinema mais tarde? Você acha que ele está com alguém? Putz, sei lá, homem sempre tá comendo alguém né? Você acha que ele está com alguém? Tati, do jeito que ele gostava de você? Claro que não!
Chega, chega. Preciso me acalmar. Pra que isso? Se ele estiver com alguém agora, e daí? Terminamos não terminamos? Ele e eu não temos nada a ver, certo? Decidimos que era melhor assim, certo? Eu não tava bem com ele e nem ele comigo, certo? Porque era bom e tal. Aliás, meu Deus, como era bom. Mas não era bom pra ficar junto, certo? Então pronto. Chega. Adulta, adulta. Qual o problema se ele estiver agora, justamente agora, lambendo a virilhazinha de alguma desgraçada? Qual o problema? Ok, eu posso morrer. Eu definitivamente posso morrer. Chega, vou acabar com essa palhaçada agora mesmo.
Tomo banho, me visto, pego a bolsa, entro no carro. Considerando que ele não mora em São Paulo, não sei exatamente o que eu pretendo com isso. Mas me faz bem enganar o cérebro e fazer de conta que estou indo atrás da verdade. Na verdade vou só na casa de outro, preciso fazer qualquer coisa que não seja sofrer, mas não consigo. O outro não conhece Black Swan, não ri da história da Zuleide, não me aperta o braço.
Volto pra casa, destruída. Sinto tanto amor dentro de mim que posso explodir e bolhas de corações vermelhas atingiriam o Japão. Quase não consigo respirar. Chega, chega. Ligo pra ele. Ele não atende. Ligo de novo. Ele atende falando baixinho. Você está com alguém? Estou. Desligamos. Pronto, agora eu já sei. Depois de um final de semana inteiro de palpitacões, descargas de adrenalina, músicas, textos, amigos, danças, gritos, sensações, assuntos, choros, dores, vida. Agora eu já sei. 
O que eu nunca vou saber é porque faço tudo isso comigo só porque tenho tanto pavor do tédio. Era só isso o que eu precisava saber.

Tati Bernardi
2
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...