27 de maio de 2014


Inteligente agora é ser feio...


Esteticamente falando, quem não segue o padrão de beleza que a sociedade impõe e nós mesmos carregamos interiormente, precisa de algo que ultrapasse essa barreira exterior. Ser inteligente é fundamental para todo mundo, mas nem todos são. 

E nem sempre ser inteligente quer dizer que o cara vai ser carinho, fiel, respeitoso. Inteligência não é associada a essas coisas. Ás vezes, aquele cara que é desprovido de "inteligência", é mais carinhoso e respeitador do que aquele que está cheio dela e é arrogante.

A frase dessa postagem tem várias interpretações e dá para refletir bastante em cima dela.

No caso da imagem, dá para imaginar que relacionada a se preferi um "feio" inteligente, do que um bonito burro. Ou que é preferível alguém que dê atenção ao conhecimento, do que para o próprio corpo. Ou usa o corpo para benefício próprio e não são inteligentes...

Sei lá... é uma frase cheia de esteriótipos.
O bonito é burro. O feio é inteligente. Quem faz academia é burro, quem vive enfiado nos livros é inteligente( há controvérsias). Ser bonito, cuidar do corpo e ser inteligente é raro (isso na cabeça de muitos).

Mas convenhamos, realmente existe esse povo que gosta de atrair os outros, chamar atenção, exibir -se com a própria beleza, seu ganha pão, mas não tem muito conteúdo na caixola...

... e tem aqueles "feios" que se tornam lindos quando conversam com a gente e tem muita coisa para se falar, sabem conduzir uma conversa, nos tratam como princesas e nos deixam super à vontade...

E também há os "feios" que se acham a última bolacha do pacote e que menosprezam as outras pessoas e que se acham superiores... E bonitões que exalam gentileza...

Pois é... não tem como generalizar todo mundo a partir da estética.
1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...